Benefícios da educação bilíngue

  • 22/08/2019
  • Maria Luiza Lima B. de França

O Brasil, nas últimas décadas, vem sentindo uma grande mudança no que diz respeito ao ensino de uma segunda língua no currículo escolar. Anteriormente, a postura adotada pela maioria das escolas era de “terceirizar” o ensino aprofundado de línguas estrangeiras para instituições de idiomas. Porém, impulsionadas pela globalização e constantes mudanças no cenário mundial, surgiu a necessidade de adoção de métodos mais modernos que estivessem em sintonia com as novas demandas sociais. Nesse contexto, entram em cena as escolas bilíngues.
O ensino de Português-Inglês dentro da grade curricular tornou-se um fator decisivo quando as famílias iniciam a busca por escolas. O diferencial está em, ao invés de somente aulas de inglês, cujo único objetivo é o aprendizado da língua, são ministradas aulas que visam o aprendizado de conteúdos através de vivências. Agora os alunos não estão mais sentados e folheando livros sobre regras da língua inglesa, eles vivem e constroem o conhecimento não apenas pela experimentação e jogos, mas também através de dinâmicas, contação de histórias, músicas, brincadeiras e atividades rotineiras inerentes ao contexto escolar.
Um modo mais moderno de lecionar, que une o ensino da língua materna à aquisição de um segundo idioma, soa muito atrativo, porém é comum que as famílias olhem para essa nova proposta e fiquem inseguras se estão dando o passo certo ao escolherem uma instituição como All4kids para seus filhos.
Isso ainda pode parecer novidade no Brasil, contudo o mundo já estuda o bilinguismo há anos. Países como Canadá e Suíça possuem pesquisas e programas regulamentados sobre o ensino da segunda língua e seus benefícios.
Para começar, todas essas pesquisas apontam que o ensino bilíngue ajuda no desenvolvimento cognitivo. Pessoas que falam mais de uma língua além de terem uma boa memória também têm maior aptidão para resolver problemas de lógica, concentração aguçada e têm maior facilidade de realizar múltiplas tarefas. Como se não bastasse, pessoas que sabem mais de uma língua têm menor declínio cognitivo quando envelhecem.
Quando esse ensino começa na primeira infância, os ganhos são ainda maiores, pois as crianças têm maior facilidade de adquirir fonemas e trejeitos parecidos com os de um falante nativo. Isso ocorre porque durante a primeira infância a matriz fonológica ainda está em formação. Com filtros menos desenvolvidos e hábitos menos enraizados, podem adquirir um sistema enriquecido por fonemas de línguas estrangeiras com as quais entram em contato.
Podemos também mencionar um estudo realizado por Schütz, em 2005, que diz que a aquisição de fala e a descoberta do mundo são processos paralelos para as crianças e a interação linguística da qual a criança participa proporciona a maioria dos dados no processo do desenvolvimento cognitivo. Logo, as estruturas neurais que correspondem aos conceitos acabam naturalmente associadas às estruturas neurais que correspondem às formas das línguas.
De uma maneira simplificada, o estudo anterior mostra que crianças bilíngues têm a capacidade de entender que o objeto permanece imutável, mesmo possuindo diferentes nomes em outras línguas – um fenômeno chamado de “Object Permanence”, no qual alunos de escolas bilíngues conseguem entender que uma maçã é uma maçã, e possui as mesma funções de uma maçã, mesmo em francês ela sendo chamado de “pomme”.
O conceito de “mais cedo é melhor” é mantido pelos inúmeros estudos, como o realizado em Harwich, Massachusetts, em 2005. Nesse, alunos que estudaram uma língua estrangeira obtiveram resultados melhores que seus colegas em um teste realizado pela instituição – o MCAS, em matérias como matemática, tornando inegáveis os benefícios que o ensino de uma segunda língua podem trazer para o indivíduo, ainda mais se iniciada na primeira infância.
Aqui no All4kids, a estrutura bilíngue é feita de modo que a língua materna é priorizada. A divisão dos conteúdos e vivências garante que 60% das aulas são ministradas na língua materna e 40%, em inglês. Assim, os alunos conseguem desfrutar de todas as vantagem que o ensino bilíngue pode ter, mantendo o destaque do Português no dia a dia.
Não existe uma regra sobre como escolas bilíngues devem funcionar no Brasil, cabendo às famílias a escolha de uma instituição que seja condizente com suas expectativas em relação ao desenvolvimento dos seus filhos. Essa escolha pode por muitas vezes parecer sufocante, mas já compreendendo melhor os benefícios de uma escola bilíngue e conhecendo tudo o que a All4Kids School oferece aos seus alunos, falta pouco para nos visitar e conhecer um pouco mais sobre nossa proposta pedagógica!

Teacher Maria Luiza Lima B. de França
Former early childhood education professional and Toefl high grade achiever

Notícias recentes
  • All4Baby at Home

    A vida precisa continuar e, mesmo em tempos de isolamento social, nossos bebês...

  • Você já conversou...

    É desconfortável sentir os sinais daquilo que está sendo escondido, não acha?...

  • COVID-19:...

    Os últimos dias não foram fáceis, as notícias de que estávamos oficialmente no...

  • O que fazer na...

    Primeira coisa: manter a rotina!

    7h30: Acordar e ajudar na organização do...

  • Festival de Natação

    No dia 14 de setembro, um oceano inteiro de emoções invadiu a nossa piscina!...