Você já conversou com sua criança sobre o que realmente está acontecendo?

  • 22/03/2020
  • Alessandra Cavalcanti Spinelli Rabelo

É desconfortável sentir os sinais daquilo que está sendo escondido, não acha? Se adultos concordam que não é nada agradável ficar sabendo aos poucos de uma realidade que nos diz respeito, imagine uma criança, que além de sentir o mesmo, nem sequer entende se não lhe for esclarecido.

Diante de tudo que está sendo vivido, as notícias sobre o COVID-19 estão em todos os lugares, e nosso ar de preocupação com certeza não é deixado de lado, por mais que tentemos, as crianças sentem, e sabemos disso pelo nosso dia a dia de troca de aprendizado com elas.

Aqui iremos ilustrar, com base em pesquisas, algumas formas de como passar a informação e não somente a preocupação, para nossos pequenos da melhor forma possível:

O primeiro passo é: Não tenha medo, você mesmo, de discutir sobre a atual situação do mundo. É preocupante, mas quanto mais confiante estivermos, melhor será de lidar com tudo isso. A pesquisadora Janine Domingues, psicóloga infantil do Child Mind Institute indica que: “Você aceita as notícias e é a pessoa que filtra as notícias para seu filho”. Nesse sentido, você não precisa entregar a sua filha ou filho tudo que você recebe de informação, pode ir respondendo aos questionamentos que eles trouxerem, de forma clara, mas se faça a disposição, isso já irá acalmar bastante.

É nesse mesmo caminho de estar disponível que é importante orientar os pequenos a questionar, a trazer para você tudo que ele já ouviu sobre o assunto, seja na escola, antes da quarentena, seja aquilo que ouviram enquanto você assistia o noticiário. Se mostrar seguro vai ajudar para que eles não criem situações mirabolantes que irão, quem sabe, até mesmo perturbar seus sonos. E é aí que entra a importância de conseguir tranquilizar, aliás, tranquilizar é a palavra, seguindo as orientações de prevenção, é importante deixar claro que crianças, no caso do Corona Vírus, tem sintomas mais leves, mas que cuidando da saúde é pouco provável que esse mal os atinja.

Então mais um ponto importante: Foque naquilo que estão fazendo, toda a família em conjunto, para se manterem seguros! Como os adultos, seus maiores espelhos, estão se cuidando e ajudando a cuidar deles, eles ficarão conscientes e mais impassíveis em relação a estarem em casa com tantas orientações para serem seguidas.

Uma dica que é importante para toda a vida e desenvolvimento da criança é: fixe uma rotina. Tudo bem fugir dela vez ou outra, claro. Mas nessa circunstância é necessário criar uma que a deixe segura. O novo é um desafio para todos nós, e nesse tempo em casa ter dias estruturados, com horário para refeição, para dormir e brincar irá com certeza ajudar as crianças a permanecerem saudáveis e felizes.

Alessandra Cavalcanti Spinelli Rabelo
Advogada, graduanda em letras e English Teacher

FONTES:
Rachel Ehmke. Talking to Kids About the Coronavirus, Child Mind Institute.
Talking with children about Coronavirus Disease 2019, Center of Disease Control and Prevention.
Jacqueline Sperling. How to talk to children about the coronavirus, Harvard Health Publishing.

Notícias recentes
  • All4Baby at Home

    A vida precisa continuar e, mesmo em tempos de isolamento social, nossos bebês...

  • COVID-19:...

    Os últimos dias não foram fáceis, as notícias de que estávamos oficialmente no...

  • O que fazer na...

    Primeira coisa: manter a rotina!

    7h30: Acordar e ajudar na organização do...

  • Festival de Natação

    No dia 14 de setembro, um oceano inteiro de emoções invadiu a nossa piscina!...

  • Setembro Amarelo

    Girassol é flor do dia, é o brilho da inflorescência, é o radiante espiral de...